Skip to content

O “Excedente do Défice” Orçamental da Segurança Social

Outubro 22, 2009

0000091124A Segurança Social atingiu um excedente de mil milhões de euros em Setembro, ainda assim 41,8% inferior ao mesmo mês do ano anterior, devido ao impacto da crise económica – só os gastos com subsídio de desemprego cresceram 28,6%.

O ritmo de crescimento das receitas animou (de 2,9% em Julho para 5,3% em Agosto), mas continua bem abaixo do aumento da factura do lado da despesa (10,3%, mais 1,56 mil milhões de euros). Além dos gastos com o apoio a mais de meio milhão de desempregados em Portugal, destacam-se a grande subida no rendimento social de inserção (mais 18,9% ou 60 milhões de euros), nos subsídios à formação profissional (mais 44% ou 186 milhões de euros), no abono de família (mais 40% ou 150 milhões de euros) e no complemento solidário para idosos (mais 147% ou 99 milhões de euros).

Nos últimos três anos a Segurança Social deu um contributo decisivo para o cumprimento do défice orçamental. Este ano, a ajuda será menor, cerca de metade do verificado em 2008: 0,4 pontos. O governo prevê um défice de 5,9% em 2009.

Apesar do bom contributo da Segurança Social para descida do défice orçamental, nos últimos três meses, (com a ajuda de todos nós), ainda não é suficiente relativamente a 2008.

A crise ainda instalada, persiste, apesar de podermos pensar e desejar um “fado” futuro mais “positivo”, como bons portugueses que somos.

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: