Skip to content

O Anticristo de Lars Von Trier

Fevereiro 2, 2010

Um filme sobre o sexo e a culpa dividido em prólogo, epílogo e quatro capítulos: “Luto”, “Dor”, “Desespero” e “Os Três Mendigos”.

Realizado por Lars Von Trier (“Ondas de Paixão”, “Dancer In The Dark”, “Dogville”), foi a obra choque da 62.ª edição do Festival de Cannes, de onde Gainsbourg saiu com o prémio de melhor actriz.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Outubro 18, 2011 6:01 pm

    Filme muito bom, Eu interpreto o filme numa ótima histórica.

    Creio que há nos personagens uma trama de desejo e cula, gozo e repressão.

    Fiz até um post: http://cabanadeinverno.wordpress.com/2011/10/17/o-anticristo-prazeres-no-mundo-democratico-liberal-e-culpa/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: